O MEME COMO VIRALIZADOR DE CULTURA E INFORMAÇÃO

  • Lucas Renan Domingos
  • Karina Woehl de Farias Faculdade Satc

Resumo

No mundo digital, quando uma informação é compartilhada de forma massiva e acaba virando assunto debatido por todos, é denominado de meme. No jornalismo, o termo é algo recente, mas vem ganhando espaço em portais de notícia. Utilizando como referencial teórico Benjamin Abdala Júnior (1995) e Luiz Gonzaga Motta (2017), esta pesquisa aponta como virais da internet deixaram de fazer parte de uma cultura digital trash para se tornar ferramentas de estratégia comunicativa. Desta forma, o estudo também visa mapear como essa estratégia comunicativa acaba inserida em meio às notícias para provocar efeitos de real e de sentidos nos leitores. A artigo utiliza de pesquisa bibliográfica e de um estudo de caso para análise de matéria postada no Globoesporte.com, intitulada “Linha do tempo em memes: o que o Palmeiras viveu até aqui no Brasileiro?”. Desta forma, constatou-se que o jornalismo tem utilizado dos memes para apresentar as informações em um cenário com narrativas midiáticas contemporâneas. Esse tipo de abordagem tem beneficiado veículos na conquista de novos públicos e transmitindo a informação com uma linguagem diferente.

Publicado
2019-04-01
Como Citar
DOMINGOS, L.; FARIAS, K. O MEME COMO VIRALIZADOR DE CULTURA E INFORMAÇÃO. Revista Vincci - Periódico Científico da Faculdade SATC, v. 4, n. 1, p. 47-73, 1 abr. 2019.
Seção
Comunicação e Linguagem