ANÁLISE EXPERIMENTAL DA QUEIMA COMBINADA DE CARVÃO MINERAL E BIOMASSA EM LEITO FLUIDIZADO BORBULHANTE

  • Mateus de Campos Scarsi
  • Flavio Michels Bianchi
  • Pedro Rodrigo Silva Moura Faculdade SATC
  • George Clarke Bleyer
  • Raiane da Cruz
  • Reginaldo Rosso Marcello

Resumo

No presente trabalho foram realizados ensaios de queima combinada de carvão mineral e biomassa em um combustor de leito fluidizado borbulhante. O objetivo principal foi analisar as emissões de gases provenientes da combustão, variando o percentual de biomassa na mistura com o carvão mineral além de avaliar a eficiência de operação deste processo. Por oferecer um percentual praticamente nulo de enxofre, altos índices de matéria volátil e poder calorífico, neste caso, maior quando comparada com o carvão mineral, a biomassa proporciona controles mais consentâneos em desfecho da prática operacional. Um fator importante durante os testes foi a escala e administração do excesso de ar, operando nos percentuais de 60, 80, 100 e 120 % para cada amostra. Nota-se que a amostra contendo 10 % de biomassa se mostrou mais conveniente para desempenho da combustão em virtude das temperaturas geradas ao longo do processo quando confrontadas com as demais amostras, embora aplicando variações consideráveis nos excessos de ar. Foram deparados também bons resultados nas concentrações de gases poluentes quando incorporada a biomassa nas misturas para combustão, encontrando reduções na faixa de 10 a 28 % de dióxido de enxofre (SO2). Outros agentes que indicaram eficácia no processo foram as concentrações de monóxido, dióxido de carbono e o percentual de incombusto das cinzas.

Publicado
2020-09-14
Como Citar
SCARSI, M.; BIANCHI, F.; MOURA, P. R.; BLEYER, G.; CRUZ, R.; MARCELLO, R. ANÁLISE EXPERIMENTAL DA QUEIMA COMBINADA DE CARVÃO MINERAL E BIOMASSA EM LEITO FLUIDIZADO BORBULHANTE. Revista Vincci - Periódico Científico da Faculdade SATC, p. 2-26, 14 set. 2020.
Seção
Engenharias e Tecnologias