BIOSSOLUBILIZAÇÃO DE FÓSFORO PROVENIENTE DA ROCHA FOSFÁTICA UTILIZANDO LEVEDURAS PARA A PRODUÇÃO DE UMA BASE FOSFATADA

  • Gabriel Ferreira
  • Carolina Resmini Melo Marques
  • Débora de Pellegrin Campos
  • Larissa Bento Bortolatto
  • Aline Resmini Melo Faculdade Satc

Resumo

O mercado de fertilizantes é um dos que mais cresce mundialmente e detém um grande mercado em constante crescimento, favorecendo cada vez mais o desenvolvimento de pesquisas, com inovações nos produtos e tecnologias. O avanço tecnológico dos fertilizantes, trouxe para as plantações de diversos tipos de cultura a capacidade de se adaptar as principais adversidades. Partindo disto a indústria busca suprir a demanda que as culturas vêm necessitando, em principal suprir a demanda nutritiva das plantas. No entanto os impactos ambientais gerados por todos estes processos vêm sendo reavaliados nos últimos anos, fazendo com que novas leis sejam criadas e também o consumidor se tornou mais exigente. Isto resultou em um novo mercado onde biofertilizantes e fertilizantes orgânicos tomaram espaço por sua proposta menos agressiva na agricultura, reduzindo todos os impactos ambientais e levando para o consumidor um produto mais seguro. Este estudo buscou uma fonte alternativa de fósforo para a produção de fertilizantes, tendo como fonte inicial de fósforo a rocha fosfática, que possui em sua composição fósforo, mas que não é liberado para absorção das plantas. Para a sua extração então foi utilizado leveduras da indústria cervejeira, de pão e grãos de kefir. O procedimento foi realizado por meio de uma fermentação aerada para forçar o caminho do ciclo do ácido cítrico, conhecido como ciclo de Krebs, para a produção de ácido cítrico e então extração do fósforo. Os testes foram divididos conforme sua formulação, sendo: 5, 10, 20 e 30% de ácido cítrico inseridos no meio de cultura. Os grãos de kefir obtiveram o melhor desempenho na extração com o valor de 0,3% com uma concentração de 20% de ácido cítrico inserido no meio de cultura. As demais leveduras apresentaram um crescimento no rendimento da extração por conta da acidificação no meio. Em testes com 5% as leveduras não obtiveram resultados satisfatórios por conta de incompatibilidades com o meio de cultura e com 30% houve alteração do meio de cultura impossibilitando a extração.

Biografia do Autor

Aline Resmini Melo, Faculdade Satc
Departamento de Engenharia Química
Publicado
2020-09-14
Como Citar
FERREIRA, G.; MARQUES, C.; CAMPOS, D.; BORTOLATTO, L.; MELO, A. BIOSSOLUBILIZAÇÃO DE FÓSFORO PROVENIENTE DA ROCHA FOSFÁTICA UTILIZANDO LEVEDURAS PARA A PRODUÇÃO DE UMA BASE FOSFATADA. Revista Vincci - Periódico Científico da Faculdade SATC, v. 5, n. 2, p. 82-107, 14 set. 2020.
Seção
Engenharias e Tecnologias