O USO DO MARKETING SENSORIAL PARA GERAR ESTÍMULOS EMOCIONAIS NOS CONSUMIDORES

UMA ANÁLISE SENSITIVA DAS MARCAS: NIKE, BUBBALOO E DOWNY

  • Bruno Mota Beckenkamp Centro Universitário UniSatc
  • Lucas Pereira Damasio

Resumo

O comportamento do consumo altera à medida que compreendemos que nossas decisões são definidas por nosso inconsciente e pelas nossas emoções. Dessa forma, marcas que buscam criar laços estreitos com seus consumidores precisam entender que apenas comunicar visualmente já não é suficiente. Baseados nisso, novas estratégias são utilizadas pelas instituições para gerar vínculos entre consumidores e marcas, dentre elas está o marketing sensorial, técnica que usa os sentidos humanos para evocar emoções e implantar a marca na mente do consumidor. Ciente disso, para realizar a fundamentação da pesquisa, foram utilizados autores que estudam este viés sensitivo, comportamental e estratégico, como Lindstrom (2012), Valente (2013), Kotler (2017) e Camargo (2013). Desse modo, este trabalho tem como intuito verificar se as estratégias de marketing sensorial são identificadas pelos consumidores e quais emoções elas evocam. Para isso, selecionamos como objeto de estudo as marcas: Nike, Bubbaloo e Downy. Além disso, empregamos uma pesquisa de campo, submetemos os participantes a estímulos olfativos e táteis para coleta de dados, cuja abordagem se deu por meio de uma análise sensorial. A metodologia, nesse caso, ocorreu por meio de uma análise quali-quantitativa exploratória. Assim, os resultados obtidos com a pesquisa proporcionaram a comprovação que certos tipos de estímulos sensoriais funcionam para a identificação das marcas, bem como para despertar emoções nos consumidores.

Publicado
2020-12-29
Como Citar
MOTA BECKENKAMP, B.; PEREIRA DAMASIO, L. O USO DO MARKETING SENSORIAL PARA GERAR ESTÍMULOS EMOCIONAIS NOS CONSUMIDORES. Revista Vincci - Periódico Científico da Faculdade SATC, v. 5, n. 2, p. 26-58, 29 dez. 2020.
Seção
Comunicação e Linguagem