DIMENSIONAMENTO DE UMA NOVA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES EM UMA EMPRESA DE SANEANTES DOMISSANITÁRIOS

  • Érika Elias Padilha
  • Carolina Resmini Melo Marques
  • Débora De Pellegrin Campos
  • Andreia Tonetto
  • Aline Resmini Melo Faculdade Satc

Resumo

Atualmente a maioria das empresas possui uma estação de tratamento de efluentes, pois está sendo cada vez mais fiscalizada pelos Órgãos Federais, visando sua eficiência e obrigatoriedade. O artigo trata de uma proposta para implantação de uma nova estação de tratamento de efluentes em uma Empresa do ramo de saneantes domissanitários, devido a atual não comportar o volume de efluentes gerado diariamente. Nesta proposta também são sugeridas melhorias ao processo, como a resolução do problema de caracterização do lodo residual atual e o reaproveitamento do afluente gerado no tratamento, já que o mesmo é descartado na rede fluvial. Para a elaboração deste foi realizada uma análise de toda a atual estação da Empresa, dando prioridade aos problemas encontrados e sugestões para uma nova proposta de estação de efluentes. Mediante cotações realizadas com empresas especializadas no ramo, a Empresa terá que realizar um investimento de R$ 61.770,00 para execução do projeto. Apesar de ser um alto investimento, a estimativa de retorno acontece em três anos.

Biografia do Autor

Aline Resmini Melo, Faculdade Satc
Departamento de Engenharia Química
Publicado
2021-04-27
Como Citar
PADILHA, ÉRIKA; MARQUES, C.; CAMPOS, D.; TONETTO, A.; MELO, A. DIMENSIONAMENTO DE UMA NOVA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES EM UMA EMPRESA DE SANEANTES DOMISSANITÁRIOS. Revista Vincci - Periódico Científico do UniSATC, v. 6, n. 1, p. 243-266, 27 abr. 2021.
Seção
Engenharias e Tecnologias