ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E SENSORIAIS DO VINHO ARTESANAL PRODUZIDO COM AS UVAS NIÁGARA ROSADA E NIÁGARA VERDE

Autores

  • Thalia da Silva Manoel Faculdade Satc
  • Carolina Resmini Melo Marques Faculdade Satc
  • Aline Resmini Melo Faculdade Satc
  • Laudi Muniz Felisbino Faculdade Satc
  • Morgana Nurenberg Sartor Faraco Faculdade Satc

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo a produção de um vinho com as uvas Niágara Rosada e Niágara Verde, assim como obter o tempo ideal de fermentação da mesma e a realização de análises físico-químicas e análise sensorial de aceitação do vinho artesanal e de um vinho comercializado similar. Foram realizados testes de teor alcoólico, acidez total, volátil e fixa, pH, densidade, açúcares totais, extrato seco total e reduzido, cor e tonalidade, metais, cloretos totais, álcool metílico, sulfatos totais, relação álcool/extrato seco total e o rendimento do vinho. A análise sensorial de aceitação foi realizada utilizando escala hedônica de nove pontos, realizada com 45 voluntários. Os resultados das análises físico-químicas obedeceram a todos os parâmetros da legislação, apresentando assim um vinho adequado, o mesmo apresentou uma coloração clara e um teor de açúcar de 3,31 g/L se caracterizando como um vinho branco e seco. O vinho apresentou rendimento de 73,33%. A análise sensorial obteve uma boa aceitação em ambos os vinhos, onde o vinho melhor aceito foi o artesanal produzido por este estudo.

 

Arquivos adicionais

Publicado

2021-12-21 — Atualizado em 2022-09-12

Versões

Como Citar

MANOEL, T. da S.; MELO MARQUES, C. R.; MELO, A. R.; FELISBINO, L. M.; SARTOR FARACO, M. N. ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E SENSORIAIS DO VINHO ARTESANAL PRODUZIDO COM AS UVAS NIÁGARA ROSADA E NIÁGARA VERDE. Revista Vincci - Periódico Científico do UniSATC, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 225–248, 2022. Disponível em: https://revistavincci.satc.edu.br/index.php/Revista-Vincci/article/view/223. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Engenharias e Tecnologias