SISTEMA DE BAIXO CUSTO PARA MONITORAMENTO DO CONSUMO DE ÁGUA

Autores

  • Gabriel Michels Americo
  • Cleber Lourenço Izidoro Faculdade SATC

Resumo

Fazendo-se um recurso hídrico fundamental e necessário para a sobrevivência dos seres vivos, a água deve ser vista por uma perspectiva além de um meio responsável pelo desenvolvimento econômico do planeta, mas sim sendo vital para manutenção dos ciclos biológicos, químicos e geológico, mantendo em equilíbrio todo o ecossistema. Sabe-se que 71% da superfície terrestre é coberta por água e o restante é composto por ilhas e continentes, sendo que 97% desta água é salgada e 3% doce. Porém, com o crescimento da população ao decorrer dos anos e com o aumento do uso desse recurso nas atividades humanas e econômicas, a escassez de água é um tema que começa a ser discutido pela Comissão Mundial do Meio Ambiente e Desenvolvimento, surgindo então o conceito de sustentabilidade, que busca conscientizar a população de suprir as necessidades do presente sem comprometer as gerações futuras. Dessa forma, o objetivo deste trabalho consiste em desenvolver um sistema eletrônico capaz de monitorar o consumo de água de uma residência, empresa e dentre outros. A partir dos conceitos de sustentabilidade e Internet das Coisas, o projeto visa detectar vazamentos ou desvios de água nas tubulações, através da medição de consumo, feita por um sensor de fluxo, enviando os dados via Wi-Fi e disponibilizando as informações para uma aplicação Mobile, na qual o usuário pode ter acesso a todo o sistema de supervisão. A fim de verificar a eficiência, segurança e confiabilidade em seu funcionamento, relacionadas a leituras e trocas de informações, diversos testes funcionais foram realizados em bancada, validando assim o bom funcionamento e a possível transformação do protótipo em um produto comercializável no futuro.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-08-19

Como Citar

MICHELS AMERICO, G.; IZIDORO, C. L. SISTEMA DE BAIXO CUSTO PARA MONITORAMENTO DO CONSUMO DE ÁGUA . Revista Vincci - Periódico Científico do UniSATC, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 292–317, 2022. Disponível em: https://revistavincci.satc.edu.br/index.php/Revista-Vincci/article/view/272. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Engenharias e Tecnologias