ARQUÉTIPOS NAS SITCOMS

UM ESTUDO DE CASO SOBRE OS PERSONAGENS DA SÉRIE BROOKLYN NINE-NINE

Autores

  • Amanda Milanez Ronchi UniSATC
  • Diego Piovesan Medeiros Membro do Conselho Editorial da Revista Vincci - Periódico Científico Faculdade SATC - Ciências Sociais. https://orcid.org/0000-0002-1831-6068

Resumo

Este artigo analisa de que forma os arquétipos estão ganhando forma no meio do entretenimento. Neste contexto, o objetivo geral é identificar os arquétipos nos personagens da série de TV Brooklyn Nine-Nine, comparando suas evoluções da primeira à última temporada. A fim de cumprir seu propósito, será necessário mapear as teorias arquetípicas de Carl Jung (2011) às teorias de Mark e Pearson (2003); A relação entre os personagens no entretenimento e a comunicação; e, a análise dos arquétipos na série, fazendo um estudo de caso nos episódios dos roubos de Halloween de quatro, das sete temporadas. O método de pesquisa utilizado foi a pesquisa exploratória, que analisa as causas e consequências do tema selecionado, fundamentadas nos estudos de Mattar (1994) e Richardson (1989). Com a realização da pesquisa verificou-se que os arquétipos se moldam e evoluem ao longo da narrativa, além de ser de extrema importância para o autor da obra, relacionar sabiamente as características do personagem com características humanas e verdadeiras, dos arquétipos.

Biografia do Autor

Diego Piovesan Medeiros, Membro do Conselho Editorial da Revista Vincci - Periódico Científico Faculdade SATC - Ciências Sociais.

Doutor em Design e Expressão Gráfica (UFSC) - Mestre em Design e Tecnologia (PGDesign/UFRGS) - Especialista em Artes Visuais (SENAC) - Especialista em Design Gráfico (SATC/UFSC) - Graduado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda (UNISUL) - Técnico em Desenho Industrial (SATC) Fone: (48) 3431-7588

Arquivos adicionais

Publicado

2024-01-31

Como Citar

RONCHI, A. M.; MEDEIROS, D. P. ARQUÉTIPOS NAS SITCOMS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE OS PERSONAGENS DA SÉRIE BROOKLYN NINE-NINE. Revista Vincci - Periódico Científico do UniSATC, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 90–124, 2024. Disponível em: https://revistavincci.satc.edu.br/index.php/Revista-Vincci/article/view/326. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Comunicação e Linguagem