ESTAMPAGEM INCREMENTAL MULTIPLOS ESTÁGIOS EM CHAPAS DE AÇO 1008

Autores

Resumo

A estampagem incremental múltiplos estágios em chapas de aço AISI 1008 tem sido pouco procurado por ser mais lento em comparação com a estampagem convencional, porém é um processo mais vantajoso quando temos um lote de pequenas peças pois não é necessário o uso de matriz. O presente trabalho se estrutura na busca por meio da estampagem incremental alcançar o maior ângulo de parede possível, visando os 90 graus, sem a ruptura parcial ou total do material. Fabricar peças que exigem maiores ângulos de parede e que pelo método convencional ainda não é possível. Dessa forma, este estudo tem como principal objetivo analisar a conformabilidade da chapa de aço AISI 1008 de 0,9 mm de espessura, por meio de ensaios de estampagem incremental de múltiplos estágios. Para o estudo teve a preparação e realização da estampagem, nos Laboratórios de Engenharia Mecânica do Centro Universitário UNISATC, Campus Criciúma/SC. Tendo como resultados obtidos um ângulo máximo de parede de 80° para a estampagem incremental do aço 1008 utilizando a estratégia de múltiplos estágios. Também foi observado, e por fim definido a curva CLC do AISI 1008 de espessura de 0,9 mm, realizou-se medições de espessura após o ensaio. Foi fabricado um protótipo para cada estágio até ocorrer a ruptura parcial, com esses corpos de prova foi possível analisar com clareza o que ocorreu em cada etapa do processo.

Arquivos adicionais

Publicado

2024-01-31

Como Citar

MOTTA, L. E. C.; DALEFFE, A.; CONCER, R.; MARCH, G. D.; CASTELAN, J.; FRITZEN, D. ESTAMPAGEM INCREMENTAL MULTIPLOS ESTÁGIOS EM CHAPAS DE AÇO 1008. Revista Vincci - Periódico Científico do UniSATC, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 406–423, 2024. Disponível em: https://revistavincci.satc.edu.br/index.php/Revista-Vincci/article/view/336. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Mestrado em Engenharia Metalúrgica