ESTUDO DO PROCESSO DE ESTAMPAGEM INCREMENTAL EM CHAPAS DE ALUMÍNIO PARA USO EM AQUECEDOR SOLAR

Autores

Resumo

Nos últimos anos, houve um aumento da utilização da energia elétrica, porém, o uso constante e em grande escala desse tipo de energia vem afetando consideravelmente o meio ambiente. Com isso, cresceu a busca por energias renováveis, uma delas é a energia solar, utilizando-se de placas solares. Mas, por ainda ser algo inovador, possui problemas a serem solucionados, um deles é a perda de energia térmica. Este estudo tem como objetivo realizar ensaios mecânicos para analisar a viabilidade de chapas de alumínio na construção de placas solares, utilizando dados provenientes do processo de ISF – Incremetal Sheet Forming. Também será analisado o limite de conformação da chapa de alumínio a fim de viabilizar o uso em coletores solares, solucionando assim, possíveis erros encontrados durante processo de estampagem incremental das chapas. Foram utilizados testes de Nakajima, para obtenção da curva CLC, e teste de estampagem incremental ISF para obtenção dos pontos para plotagem da curva CLC do material. Como resultado do trabalho, foi possível analisar que a estampagem convencional entrega uma menor deformação do material quando comparado com a estampagem incremental. Resultando em uma deformação 6 vezes maior pelo processo ISF. 

Arquivos adicionais

Publicado

2024-01-31

Como Citar

MARCH, G. de; PINHEIRO, W. C.; FRITZEN , D.; DALEFFE, A.; CASTELAN, J. ESTUDO DO PROCESSO DE ESTAMPAGEM INCREMENTAL EM CHAPAS DE ALUMÍNIO PARA USO EM AQUECEDOR SOLAR. Revista Vincci - Periódico Científico do UniSATC, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 446–468, 2024. Disponível em: https://revistavincci.satc.edu.br/index.php/Revista-Vincci/article/view/339. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Mestrado em Engenharia Metalúrgica